quinta-feira, 21 de abril de 2011

Sente muito, sente tanto.


Algumas pessoas são mais sensíveis que outras. Sentem muito, sentem tanto. Não julgo quem não transparece ou quem demora mais a sentir, sobrevivência é uma questão importante, e infelizmente o mundo não é azul e muito menos cor de rosa. Por isso, muitas vezes tenho vontade de aplaudir de pé quem realmente sabe demonstrar o que sente. Aplaudir de pé quem sente muito, quem sente tanto.
Se permitir magoar, você deve admitir, não é todo mundo que consegue. Não é pra todos. Se permitir amar á alguém mais do que assim mesmo é quase fábula, é quase conto de fadas. Quase, porque existe também na vida real. Quem se permite tanto assim merece inevitavelmente admiração.
O engraçado é pensar que sempre deveria ser assim. Sentindo muito, sentindo tanto.

Sandy Quintans

3 comentários:

  1. Sandy, que graça seu texto... adorei. Muito sensível da sua parte olhar a simplicidade dos fatos dessa forma. Adorei tropeçar e chegar até aqui.

    Bjos meus.

    ResponderExcluir
  2. Oie eu te dei um selinho de eu amo esse blogger
    haha
    Pega aki ta bom'
    http://minhavidaumamisturadecomediaedrama.blogspot.com/2011/05/ganhei-um-selo.html
    eu amo mt seu blogger'
    *.........*

    ResponderExcluir