quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Além de mim.


Sou tão distante do mundo. Não importa o quanto ele se aproxima de mim. Me sinto grande e pequena ao mesmo tempo.Tenho meu próprio mundo, tudo acontece dentro de mim.
Era entorpecida de dor, de estar sozinha e de tanto estar comigo mesma, que me fez parar e olhar pra janela, e ver afinal que tem mundo lá fora. Como sempre costumava ser.
Me admirei um dia desses quando olhei o horizonte e achei tão lindo o pôr do sol. Sai de mim pela primeira vez em muito tempo.A sensação de novidade foi igualmente espetacular á sensação de reconhecimento.Reconhecer cheiros, músicas, e voltar as lembranças. Por que me apego tanto as lembranças? Porque sinto saudades.
Estranho sentir que existe mundo além de mim, desconcertante. Egoísmo não costuma ser uma qualidade dada a mim, mas é possível que as vezes se encaixe.Vivo bastante para os outros. Mas todos os outros é pra satisfação própria. Vê-los felizes, me faz feliz. Todos os sentimentos vêm até mim.

Isso é egoísmo também.

Sandy Quintans

Um comentário:

  1. hi.. just dropping by here... have a nice day! http://kantahanan.blogspot.com/

    ResponderExcluir