sábado, 22 de setembro de 2012

Dormir sem sonhar.

Minha cabeça girava. Estava em meio há dezenas de pessoas e mesmo assim só. Procurei teu abraço e não encontrei. Aonde você foi que demora tanto a chegar? Os olhos encheram d'água, não pude segurar. O problema das lágrimas é que quando vêm demorar a ir. Não sabia como recuperar o sorriso. Me desespero pois logo sei que vão chegar e eu não saberei o que dizer.
Parecia um sonho ruim, mas desta vez estava acordada. A sensação de que parei no tempo. Aquela sensação de quem sonha demais e se sente estagnado. Sonhar sem realizar é igual dormir sem sonhar. Não quero mais ouvir suas histórias, quero contar minhas próprias.
Não quero mais sentir saudade de lugares que não visitei e de esquecer pessoas que não conheci. Sinto como se estivesse enterrado meus pés no cimento molhado e ele secou. Estou presa nas condições. E agora vejo os pássaros voarem.
Eles voltam. O sorriso é automático, mas o devaneio não. Só desejo ter apenas enterrado o pé na areia.

Sandy Quintans

Um comentário:

  1. Aproveite a noite e sonhe... nada pode ser mais bonito que um sonho!
    Bjos!

    ResponderExcluir